30 de set de 2013

Proteína do Soro do Leite Isolado ou Whey? Como escolher?


Navegando pela rede, a Silvia encontrou esse texto e comentou comigo. Devido o momento em que nós nos encontramos, achei que seria bem legal publicar no FT. Eu só trocaria um ponto, no lugar que ele menciona misturar a proteína da soja ou do ovo eu ELIMINARIA a Soja e escolheria a Albumina, por termos estudos que comprovam que nosso organismo não consegue assimilar tal proteína.  
Boa Leitura...




O soro do leite isolado pode ser o Rei do momento, mas o seu "Pai" ainda pode oferecer vantagens exclusivas, portanto não subestime a proteína do LEITE , especialmente quando for "beliscar" durante o dia.

A proteína do leite é feita de soro do leite e caseína, mais especificamente falando, cerca de 20% soro do leite e 80% caseína. É produzido através da remoção de uma boa parte de carboidratos e gordura do leite por meio de processo de filtração suave.
Isso deixa a proteína do leite em seu estado natural, tal como seria encontrado no leite. Ele contém os mesmos peptídeos e microfrações benéficas, tais como a beta-lactoglobulina, alfa-lactalbumina, peptídeos de albumina sérica bovina, lactoferrina, imunoglobulinas e lactoperoxidase, todos os quais proporcionam um desempenho físico - e benefícios de reforço, bem como antioxidantes e propriedades para impulsionar o sistema imunológico.

A caseína mantida em seu estado original é conhecida como caseína micelar. Essa forma de caseína tem digestão lenta, proporcionando uma administração prolongada de aminoácidos para as fibras musculares.
A única razão pela qual as pessoas pensam que a proteína do leite é uma proteína de baixa qualidade é porque eles acreditam que o soro do leite isolado é a única proteína de alta qualidade e, que todas as outras proteínas em pó são inadequadas em relação a ele. Isso está longe da verdade!

Não há dúvidas que no pós treino deve se fazer uso do soro do leite isolado, isso devido ao alto teor de BCAA e por causa da sua digestão muito rápida, sem contar os peptídeos que o pó do soro do leite contém. No entanto, é importante lembrar que a proteína do leite é a proteína do soro do leite, 20% do que é, de qualquer maneira. Claro que o resto é caseína micelar! O que não diminui em nada a qualidade do leite em proteínas.


As pesquisas mostram que a adição de caseína ao soro do leite isolado aumenta o efeito anabólico da proteína. O whey protein é importante para cravar rapidamente a síntese proteica muscular, mas quando a proteína caseína está incluída no soro, sustenta a síntese de proteína eleveda por muito mais tempo que o soro do leite por si só. A caseína também coloca as quebras na degradação de proteína muscular. E uma vez que o crescimento muscular ocorre quando a síntese proteica muscular é maior do que a quebra de proteína muscular, tudo isso acrescenta-se a um maior crescimento muscular. 

Se tivesse que escolher entre o whey ou proteína isolada do soro do leite, eu preferiria o whey. Isso porque no whey você tem uma mistura de proteínas de alta qualidade, tanto o soro do leite quanto a caseína em seus estados naturais.
Não me entenda mal, mas se eu puder escolher entre whey e proteína do soro do leite isolada, prefiro o whey! Se eu pudesse escolher, preferiria um pouco mais de soro do leite e, se possível uma fonte de proteína que digere entre o whey e a caseína, algo como a soja ou o ovo, para preencher a lacuna entre o soro do leite que é de digestão rápida e a caseína micelar que é de digestão lenta. Mas, realmente o whey faz bem o seu trabalho.



Então, da próxima vez que você encontrar na lista de ingredientes do seu pote de Whey, Barrinhas de proteína ou substitutos de refeição : proteína do leite isolada ou caseínato de proteína do leite não se zangue! A proteína do leite é uma das formas de mais alta qualidade que você pode consumir. Agora você já sabe o porque!

Texto de Jim Stoppani para Bodybuilding.com
Tradução Força Total

Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa


Nenhum comentário:

Postar um comentário