21 de jul de 2013

PEDRO NOSSOL - ENTREVISTA COM O FOTÓGRAFO DOS ATLETAS


Responsáveis por divulgar, realçar e trazer inúmeros novos adeptos aos Esportes de Força, os fotógrafos  profissionais que atuam no meio esportivo com muita sensibilidade, conseguem captar a essência dos atletas, dando luz e sombras a cada contorno e revelando com mais nitidez corpos super simétricos e esculpidos com muita dedicação e suor.
Hoje tenho o prazer de trazer para nossos leitores um bate papo com Pedro Nossol, fotógrafo de grande expressão quando falamos de BODYBUILDING ART. 

É um prazer bater esse papo com você Pedro e, muito bom apresentar aos nossos Leitores esse outro lado, sempre contemplamos a obra e na maioria das vezes não temos a oportunidade de conhecer o Artista. 




FT - Pedro, primeiro não tenho como fugir da pergunta de praxe:
Como surgiu a fotografia em sua vida? E dentro da fotografia há inúmeros segmentos, o que te levou a retratar Corpos Esculpidos?
Pedro Nossol - Antes mesmo de tornar-me fotógrafo, sempre tive como referência os grandes fotógrafos de moda e nú artistico. Felizmente tive a sorte de, já no início da minha carreira, fazer uso de uma luz que valoriza as formas e músculos. Aliado a isso, a minha formação como designer influência nas produções sempre originais. E também por possuir esposa e amigas com corpos bonitos possibilitou a minha entrada nesse meio.   




FT - Hoje você é um fotógrafo conhecido pela sua arte no esporte, e recentemente publicou um livro com a parceria de Waldemar Guimarães, que é um dos pilares dos Esportes de Força no Brasil. Conte-nos como surgiu o livro e como foi esse processo.
Pedro Nossol - Somos amigos há muitos anos e muitas vezes depois dele preparar uma atleta, nada mais lógico que uma sessão de fotos para registrar isso. O livro acabou sendo uma consequência dessa parceria. Além das indicadas pelo Waldemar, muitas outras acabaram descobrindo meu talento e com esses trabalhos que fizemos juntos produzimos um livro a quatro mãos que ajuda a divulgar ainda mais a beleza feminina aliada a prática do esporte.



FT - Quais dicas você pode dar para as pessoas que querem fazer um trabalho fotográfico de qualidade, para divulgar suas qualidades e conseguir se inserir no mercado de trabalho como Atleta ou até modelos fitness.
Pedro Nossol - Diferentemente do que a maioria das pessoas acham, não precisa ser atleta para fotografar comigo. Antes de ter um corpo bonito, é fundamental que sinta-se bonito(a). O resto deixe comigo.




FT- Quando falamos em Culturismo ou culto ao corpo, não tem como negar que os atletas que escolhem esse esporte tem um apelo muito mais profundo do que na maioria dos outros esportes, pois ele exige muito da aparência do Atleta e, se não tiver o Culturismo como seu Lifestyle 24 horas por dia impossível se destacar. Vendo isso sabemos que a VAIDADE faz parte e que ela acaba sendo uma das motivações para o atleta sempre conseguir estar melhor.
Gostaria de saber como é trabalhar com pessoas extremamente vaidosas, tendo em vista que fica em suas mãos salientar seus pontos positivos e amenizar outros?
Pedro Nossol - Sou contratado para destacar a beleza e sensualidade que um corpo bonito proporciona. Respeito a individualidade de cada um e mesmo sabendo que vou lidar com pessoas vaidosas, procuro manter-me neutro em relação a isso.




FT - Quais trabalhos foram inesquecíveis? E o que te dá mais prazer em sua profissão? Gostaria que você me respondesse essa pergunta com algumas de suas fotos.
Pedro Nossol - Sempre digo que o meu melhor trabalho foi o último. O que mais gosto em minha profissão é o prazer que proporciono para as pessoas quando mostro uma foto que mais gosto, independente se essa modelo é atleta ou não.




FT - Além de fotografar você também introduziu o esporte no seu estilo de vida? E se sim, o que isso acrescenta em seu trabalho?
Pedro Nossol - Pratico musculação e outros esportes desde os 15 anos e consequentemente o estilo de vida saudável que eles exigem foram sendo inseridos ao longo da minha vida. Optar por esse tipo de fotografia é uma justa homenagem a todos que compartilham com essa mesma preocupação em ter uma vida saudável.




FT - Como é escolhido o tema dos ensaios fotográficos? E qual foi o lugar mais exótico ou interessante que você já fotografou? 
Pedro Nossol - Cada caso é um caso. As vezes eu me inspiro na personalidade da modelo, no seu visual, as vezes tenho uma ideia na cabeça e procuro alguém que se enquadre e finalmente, quando a modelo tem um desejo, crio a partir desse sonho. Independente de como seja produzido o ensaio, jamais repito integralmente uma produção. No máximo aproveito e misturo elementos de ensaios anteriores. Recentemente fotografei para uma marca de suplementos um atleta dentro de uma câmera frigorifica muito fria e recheada de muita carne, foi inusitado.


FT - Para dar aquela quebrada no gelo e conseguir que o fotografado entre no clima o que você faz? E teve alguma história engraçada ou interessante?
Pedro Nossol - Como a maioria dos atletas não são modelos, é importante que se quebre o gelo. Procuro mostrar as fotos na câmera mesmo, já nos primeiros cliques. Essa é uma forma muito eficiente de quebrar o gelo e deixar a pessoa mais segura. Sempre procuro conhecer pessoalmente a modelo antes do ensaio. Infelizmente, geralmente quando é de fora, essa reunião fica inviável e eu tenho que confirmar pelas fotos que recebo. Como na maioria das vezes não tenho como verificar a data em que foi tirada as fotos, a modelo chegou e eu pensei que fosse a mãe dela...







O Blog Força Total parabeniza o fotógrafo Pedro Nossol por ajudar a divulgar da maneira mais positiva esse Esporte que vem ao longo dos anos, mesmo que em passos lentos crescendo e criando Força. Muito obrigado Pedro, pela sua simpatia.



Se você gostou da entrevista, ajude-nos a divulgar esse post clicando em +1 e compartilhando nas suas redes sociais!!! Contamos com vocês! Obrigado!











Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa 

Nenhum comentário:

Postar um comentário