3 de jun de 2013

CUIDADO COM O CONSUMO DE GORDURAS.

Quem tem origem do campo ou tem seus pais ou avós que vieram do interior, sabe que as comidas feitas nessas regiões e por esse pessoal, tem também um sabor e até cheiro quase impossíveis de se recusar! Há quem resista, mas certamente sai com as lombrigas assanhadas ao sentir o cheirinho de um prato feito com aquela gordura de porco.
É aquela gordura que a vó guarda na lata, e frita costelinhas de porco... usa para temperar aquele feijão que você fala até hoje  que nunca comeu outro igual e mais inúmeros pratos onde são usados a gordura do porco.


Em minha pesquisa, achei várias literaturas que defendiam seu uso, dizendo que tudo em excesso fazia mal para qualquer ser humano, etc... E eu concordo plenamente, mas nesse caso é difícil falar que não ocorre esse excesso na ingestão, sendo que os pratos são feitos por quem prepara nossas refeições. Isso mesmo!!! Quando não é feito em sua casa e você tem que se alimentar fora por causa da sua rotina de vida, pode ser até pior, então fique esperto. Já há muito tempo, os donos de restaurantes, lanchonetes e bares observaram que a banha de porco tem o poder de atrair seus clientes pelo paladar e olfato, pelo sabor e perfume especial que a gordura dá para o alimento. 

Como já sabemos, existem gorduras boas e ruins, e que até gorduras boas podem ser ruins dependendo do seu preparo na culinária. Gorduras boas quando são submetidas à altas temperaturas se transformam em ruins (venenos para nossa saúde). Então você que usa azeite e pensa que está protegido, muito cuidado, se usar ele ao fritar alho para temperar o feijão ou fritar ovos, bifes e etc... Também está consumindo gorduras de péssima qualidade.

Falamos do uso da gordura do porco, que é um fator da cultura e foi observado que poderia ser usado para atrair clientes. Nos tempos modernos, onde a Indústria a cada dia busca novos métodos para conseguir produzir alimentos com menores custos e sem perder aquele sabor caseiro, acabou piorando ainda mais nossa alimentação, introduzindo em nosso dia a dia: Gorduras Hidrogenadas, Corantes, Edulcorantes, Estabilizantes, Conservantes, Sabores Artificiais, Acidulantes e Etc...

Obs: Sabe aquela batata frita sequinha que você acha que é mais saudável por não estar toda encharcada de óleo??? Ela é pior!!! A indústria hoje usa a gordura hidrogenada que é muito pior para nossa saúde, mais que a gordura do porco ou óleo vegetal. Bolachas, Bolos, Chocolates, Sorvetes, Margarinas, Salgadinhos, Empanados, Comidas de Fast-Food, Coberturas, Molhos de Salada, Maionese, Coookies e etc... são fabricados pelas indústrias de alimentos com gordura hidrogenada. 


Meu Deus e agora???
Se você não é um Atleta de alto nível, e tendo bom senso não precisa se preocupar, já que sabemos que estes produtos não irão acrescentar em nada nossa alimentação. Temos que controlar a ingestão deles, não quer dizer que você não vai poder nunca mais e sim que irá ter que se controlar para que no futuro consiga ter uma velhice com qualidade.

Quando temos o esporte em nossa vida e, no nosso caso os Esportes de Força, onde é uma coisa tão forte que passa de apenas um Hobby e vira nosso Lifestyle, essa realidade de uma má alimentação por causa desses casos que relatei aí em cima fica um pouco distante. Mas, pode haver o risco de uma recaída e quebra de dieta nas quais algumas vezes, problemas como o Estresse, podem nos levar ao deslize... e essa pode ser uma armadilha.
O Estresse ou até acidentes, como Lesões ou outros problemas, no qual te afaste dos treinos por um tempo. Tome muito cuidado! Eu comecei a pesquisar sobre esse assunto porque acabei passando e vivendo a experiência na pele. Eu estava saindo de um OFF limpo no qual vinha em um ciclo de Alimentação, Suplementação e Treinos bem rigoroso, onde estava obtendo ótimos resultados e, me deparei com um problema ao final desse período que me impossibilitou de entrar na próxima fase de minha preparação e assim me afastando dos treinos.
Eu poderia (e deveria...) ter continuado em minha alimentação. Sim, eu poderia ter feito isso!!! Mas, o fator psicológico não me deixou e acabei abrindo um pouco minha dieta no começo e uma coisa levou à outra, e quando vi aquela vontade ou pior (!!!) aquela necessidade de consumir alimentos que por anos eu não comia!!!! Me pegou em cheio e, em apenas 3 meses consegui fazer um estrago. O fato de ficar sem treinar me custou o sacrifício de 7kg de massa magra e o deslize na dieta em elevar meu BF nas alturas.

Pesquisa:

Voltando ao ponto, isso me fez ir procurar mais e acabei achando um estudo onde alguns pesquisadores como Daniele Piomelli, Nicholas DiPatrizio e seus colegas descobriram que os Graxos (GORDURA) usadas nos alimentos, tem esse poder sobre nós, simples mortais kkkk, pelo fato de acionar um mecanismo biológico que provavelmente controla nosso comportamento GLUTÃO.
Na pesquisa, comprovaram que ao consumirmos os graxos, as células em nosso intestino superior começam a produzir endocanabinoides. Acontece o mesmo quando se fuma um cigarro de MACONHA!!!

Vamos entender como funciona.
O processo começa na língua, em que as gorduras dos alimentos geram um sinal que se desloca em primeiro lugar para o cérebro e, em seguida, através de um feixe de nervos vago chama para os intestinos. Lá, o sinal estimula a produção de endocanabinoides, que inicia uma onda de sinalização celular que solicita a ingestão desenfreada de alimentos gordurosos. Segundo Piomelli, isso provavelmente da início à liberação de produtos químicos digestivos ligados a fome e saciedade, que nos obrigam e induzem a comer mais.

Isso pode explicar o motivo de que quando se abre um saco de batata frita ou outros alimentos do gênero, é quase impossível comer apenas algumas batatas.

O Professor de farmacologia Louise Turner, acrescentou que esta é a primeira demonstração de que a sinalização endocanabinóide no intestino tem um papel importante na regulação da ingestão de gordura.

Hoje já se sabe que é possível controlar esse problema, obstruindo a atividade endocanabinóide, usando bloqueadores que terão mais exito do que drogas que precisam entrar no cérebro para ter esse efeito e causando efeitos colaterais como: Ansiedade e Depressão. Esses bloqueadores irão entupir os receptores de canabinóides, segundo Piomelli.

Quem tiver interesse sobre esse assunto e quiser mais informações, foi divulgado um estudo na edição online da Proceedings of the National Academy of Sciences. 

Importante:
Esses pesquisadores notaram que Açúcares e Proteínas não tem esse efeito.

Dicas.
Procure fazer suas refeições usando alimentos de qualidade e se preocupando com o preparo deles, não adianta termos comidas de boa qualidade se não soubermos prepará-las. 
Quanto menos óleo usarmos no preparo dos pratos quentes mais qualidade teremos. Procure comer carnes menos gordurosas, sobremesas de preferências frutas e, quando for atacar chocolates, prefira o Cacau 70% para cima. Sei que o gosto do Cacau é muito diferente, mas conseguimos modelar nosso paladar também, tudo é questão de costume.

Tenha em seu cardápio semanal o Dia do Lixo, nesse dia abra um pouco mais sua dieta e se dê o direito de comer alimentos que lhe faz mais falta. Comendo porcarias apenas uma vez por semana, você perceberá que sua Alimentação irá influenciar e muito no seu bem estar, conseguindo um corpo mais sadio e ao mesmo tempo que seu corpo vai melhorando, sua auto estima também aumenta.

Conclusão:
É muito importante conhecermos nosso corpo e entendermos ele, e assim vamos conseguir decifrar e não cair em algumas armadilhas que nos são impostas no ciclo da vida.
Eu pelo menos aprendi que mesmo nos momentos FODA-SE temos que ter muito cuidado, pois se não quem se fode somos nós mesmos kkkkk.    









Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário