30 de out de 2012

Esteroides - Relato de um JOVEM Fisiculturista


Antes que alguns tirem conclusões precipitadas, quero fazer algumas ressalvas:

Assim como tudo na vida em excesso, os EAs ( Esteroides Anabolizante) causam mal. Aquela simples Aspirina que nossas mães nos receitam quando estamos resfriados ou gripados também não fogem desse contexto.

Mortes causadas pelo USO de EAs 
na maioria das vezes são de "MALHADORES"


Existem algumas divisões de grupos que gostaria de colocar aqui:
1) Atletas Profissionais e Competidores
  • Atletas Profissionais: O nome já diz, são pessoas que vivem do Esporte Plenamente.
  • Atletas Competidores: Pessoas que levam como Estilo de Vida o Esporte e Competem, só que não dependem dele como fonte de renda.


2) Atletas Recreativos e Marombeiros
  • Atletas Recreativos: Seguem e vivem o Estilo de Vida do Esporte, não tem o mesmo como fonte de renda e não competem ou por opção ou por não terem condições (que podem ser profissionais, onde junto da profissão acaba sendo impossível conciliar um treino e o estilo de vida de um competidor).
  • Marombeiros: Pessoas que ADORAM o Esporte são antenados em tudo que diz respeito a ele, só que não levam tão a sério alguns fundamentos básicos de quem é atleta como: Alimentação/ Dietas/ Descanso, por N motivos: Profissionais e etc...


3) Malhadores
  • Pessoas que tem um sentimento pela Atividade Física em questão, a MUSCULAÇÃO, bem distorcida. Sem nenhuma base TEÓRICA e sem vontade também de aprender sobre o assunto, pois quem quer corre atrás. Esses Iniciantes acabam fazendo loucuras para TENTAREM ter um Corpo Volumoso. E é o que eles conseguem " UM CORPO VOLUMOSO cheio de inflamações e totalmente assimétrico, e junto acabam deixando uma visão negativa do Esporte, que na verdade eles nem praticam.


Com certeza se tiver alguém que não é do meio lendo esse Artigo ou é um desses MALHADORES deve estar pensando  agora : " TUDO BALELA".

Veja bem:

O índice de Mortes de:
  • Atletas Profissionais : é muito baixo, eles vivem disso e assim são altamente capacitados e informados de todos os riscos que o uso de EAs pode oferecer, além do fato de terem acompanhamento Médico, e fazem exames periódicos.
  • Atletas Competidores : também tem poucos casos de Mortes pelo uso de EAs, pois eles podem não estar competindo profissionalmente. Mas, esses atletas em sua grande maioria trabalham em profissões ligadas ao Esporte, e o que não lhes falta é informação.
  • Atletas Recreativos : a diferença deles para os Atletas Competitivos é que não competem então não têm a necessidade de fazer em Pré-Contest ou período em que o atleta foca seus Treinos, Dietas, Alimentação e Descanso direcionados a obter uma Super Definição Corporal para se apresentar em Competições. Só que esses Atletas Recreativos, se mantém num bom condicionamento físico com o BF (% de gordura corporal) bem controlado.
  • Marombeiros : estou falando de marombeiros de verdade, esses sim, acidentes com EAs não são comuns em acontecer. Levam a Musculação como um HOBBY e quando temos um, levamos ele motivado pelo bem estar que ele nos proporciona.
  • Malhadores : geralmente totalmente alienados e com uma realidade totalmente distorcida, eles que estão relacionados à maioria dos casos de Mortes e Problemas relacionados aos EAs (Esteroides Anabolizantes).
Para me ajudar nesse Post e esclarecer nossos Queridos Leitores eu chamei meu Amigo, Marombeiro e Estudante de Medicina, Matheus Fagundes.  Juntos, queremos somar e ajudar, tanto fisiculturistas novos no Esporte como aqueles que estão pensando ou iniciando nesse LINDO ESPORTE, no qual se a pessoa se perder no meio do caminho pode se tornar um VERDADEIRO PORTAL PARA A PRÓXIMA VIDA.



Matheus Fagundes: Geralmente as pessoas agem por impulso sobre as informações que são mal estruturadas ou acabam escutando de uma pessoa não capacitada, mas o que realmente sabem sobre os esteroides anabolizantes? Será que utilizar vai fazer você inchar e ser forte igual ao popeye?

Na verdade podem realmente ser assim, porém com um uso capacitado e estruturado por um ''verdadeiro profissional''.

Os anabolizantes sintéticos da testosterona, o hormônio masculino agem de maneira certamente magnifica em um estado anabólico, quando treinamos os músculos sofrem rachaduras, onde o organismo segura e naturalmente irá regenerá-los. Com o uso de tais substâncias anabólicas, a partir de um incremento da síntese de absorção proteica,  irá diminuir o tempo de regeneração, permitindo assim treinos mais intensos. 
O uso de qualquer medicamento não deve ser usado sem acompanhamento médico (ou sim, isso depende de quanto trabalho você quiser dar as pessoas que carregarão seu caixão).




A DIFERENÇA DO VENENO PARA O REMÉDIO 

É APENAS A QUANTIDADE.

Assim como em todas as profissões existem maus profissionais ou erros por displicência ou excesso de confiança. Nos Esportes de Força não seria diferente, pode não parecer mais também somos de Carne e Osso (HUMANOS).

Observe:
Quando um cantor morre de Overdose tem uma repercussão enorme, uma por ser figura publica e também porque já existe um estigma pregando que por ele ser cantor tende a se drogar. Só que em contra-partida existem centenas de pessoas que morrem diariamente de OVERDOSE só que os João, Manoel, Rodrigo e etc...Passam desapercebidos, e do mesmo jeito acontece nos Esportes de Força.
Mas, como eu disse somos de Carne e Osso, também existem casos isolados. E é isso que vou mostrar, para que com esse relato que vamos ver, possamos ajudar outros iniciantes a não cometerem os mesmos erros.

Não vamos publicar o nome nem fotos do JOVEM ATLETA. Vamos chama-lo de JOÃO.

O que me chamou mais minha atenção foi como fui abordado por uma mensagem INBOX semana passada no facebook, e no meio da mensagem tinha a frase da chamada.

SOU MUITO NOVO E NÃO 
QUERO MORRER

Nesse exato momento como você se encontra? Física e Psicologicamente, e mais ou menos quanto tempo faz que parou de usar os EAs?

João: Hoje já faz umas 4 semanas que parei de usar os EAs, hoje me encontro um pouco melhor. Mas, tive dias horríveis: Eu ficava triste o dia todo, não conseguia treinar, estava muito mal.


Matheus Fagundes: O uso prolongado de anabolizantes podem interromper  a produção hormonal natural do corpo, cortando a fabricação das células de leydig. Enquanto essa queda natural que foi substituída por hormônios sintéticos, algumas pessoas poderão sofrer todos os efeitos negativos relacionados a isso. Os colaterais mais comuns são: perda de força, massa muscular, motivação para treinar e o pior psicologicamente , perda de apetite sexual. Estes efeitos poderão durar até que o corpo volte a produzir testosterona normalmente, aonde geralmente se faz uso de um protocolo chamado TPC. Com todos esses efeitos colaterais,  pessoas com disposição genética ou traumática a problemas psicológicos, podem  acabar sofrendo  ou intensificando os quadros de depressão e todos os problemas relacionados a ela.



Vamos começar pelo início da nossa conversa. Vou colocar aqui exatamente como conversei com ele INBOX. E meu amigo Matheus Fagundes irá me ajudar em alguns comentários no meio de nossa conversa.
Boa Leitura.

Com quantos anos começou a praticar musculação e quando resolveu que seria um Fisiculturista?

João: Com 17 anos comecei a treinar musculação e aos 18 anos comecei a treinar em uma academia que tinha uns Culturistas e daí resolvi que era aquilo que eu queria. Meu primeiro Campeonato eu competi com 19 anos.


Quais foram os seus primeiros passos depois que resolveu que iria se dedicar ao Fisiculturismo Competitivo?



João: Procurei ajuda "Profissional" e daí foi a pior cagada que fiz.



Por que?


João: Porque passei a tomar muita coisa e foi aonde tive mais evolução. Porém, gastei muito dinheiro e tive muitos efeitos colaterais.



Matheus Fagundes: Até os 21 anos temos um produção com  picos elevados dos hormônios. Geralmente nessa idade, não falta hormônios a não ser por alguma síndrome. Sendo assim a uma disponibilidade maior a efeitos colaterais nos eixos hormonais .



Quais?

João: Eu fiquei 8 semanas sem dormir de noite.



Matheus Fagundes: Isso acontece pela falta de melatonina, um mau funcionamento no eixo hormonal causado por anabolizantes gera uma grande bagunça na produção no corpo, afetando uma glândula importante. A glândula pineal participa na organização temporal dos ritmos biológicos, atuando como mediadora entre o ciclo claro/escuro ambiental e os processos regulatórios fisiológicos, incluindo a regulação endócrina da reprodução, a regulação dos ciclos de atividade-repouso e sono/vigília assim como a regulação do sistema imunológico, entre outros. 


Como foi sua preparação para encarar a primeira subida ao Palco? Digo em relação a Preparação Física (coach), Dietas (nutricionista), Exames Clínicos e Laboratoriais (Endocrinologista Esportivo)?


João: A primeira preparação eu fiz por conta, quase morri... Passei muita FOME, fiquei super ESTRESSADO. Não fiz nenhum exame foi tudo por conta. HOJE EM DIA NÃO FARIA DE NOVO.


Primeiro Ciclo- Conte-nos como ele foi elaborado. Foi você mesmo que montou ele ou contou com ajuda de alguém?

João: Primeiro ciclo eu tinha 17 anos e pedi algumas dicas para amigos, que não adiantou em nada. Foi só psicológico pois as drogas eram de procedência MUITO duvidosa, não faria de novo.


Então usou logo de cara EAs (Esteroides Anabolizantes) falsificados o que pode redobrar o perigo, pois aí não se sabe o que tem no lugar deles...

João: CERTO





Matheus Fagundes: 75% das drogas injetáveis falsificadas são alteradas com  solução fisiológica produzindo assim um efeito placebo.



Ainda naquela época como era o seu conhecimento sobre o "TPC" Terapia Pós Ciclo? Eu pelo menos acho horrível essa abreviatura, pois fica como se a pessoa devesse fazer ela após o ciclo. E que não é verdade: Existe o Antes, o Durante e o Depois, tudo depende do que está se usando.


João: Eu sempre fiz o TPC e nunca tive efeitos colaterais como ginecomastia e queda de libido.


Veja bem, é óbvio que se eu treino um atleta e ele se dá bem em suas Competições o meu nome ficará em evidência e assim me ajudará e muito profissionalmente. Só que existem Profissionais COM e SEM escrúpulos, aqueles que antes de tudo ZELAM pelo BEM ESTAR do ATLETA e aquele que está focado apenas em que o ATLETA VENÇA e está pouco se fodendo se os meios que irá usar causará danos futuros na SAÚDE do ATLETA. 

João: VERDADE é assim mesmo que acontece.



Hoje vendo e relembrando tudo o que você passou. Você acha que foi um FANTOCHE na mão dessas pessoas ou foi você que quis que fosse desse jeito?

João: Seria errado eu dizer que eu fui um fantoche, pois não fui forçado a nada, entretanto confiei em um trabalho que eu achava ser bom e sério, mas aos poucos em algumas conversas com amigos eu mesmo percebi que estava fazendo muitas LOUCURAS e não teve ninguém que "se diz amigo" que veio me falar que já estava na hora de parar, teve uma amiga que nem é do meio que me alertou... Falando que eu estava sem HUMOR e minhas mãos estavam sempre geladas e que teria algo de errado.


Veja bem. Eu também vivo nesse mundo, e tem uma diferença aí... Mesmo uma pessoa experiente, se não tiver alguém para freá-la ou alerta-la, que se passar daquela linha irá correr riscos muito maiores e que na maioria das vezes serão riscos desnecessários e perigosos. Imagina um Jovem que está iniciando no Esporte e louco para Obter uma qualidade muscular Top. E para quem tem um Preparador Físico (Coach), esse é um dos trabalhos dele.

João: Então eu na minha ingenuidade por estar começando no Esporte achava que os métodos usados por ele eram feitos por todos... 


É disso que estou falando. Para um Jovem que está com aquela vontade enorme de alcançar seu objetivo, quando encontra alguém que se diz um "TREINADOR DE ATLETAS", erroneamente acaba confiando demais e deixando de questionar. Foi mais ou menos isso que aconteceu não é?

João: Foi. O pior é que mais gente está inda para esse mesmo caminho fazendo de tudo para alcançar seus objetivos sem respeitar o tempo que teria que levar.



Daniel Eduardo: Preste muita atenção em quem você chama de AMIGO!!! Muitas vezes ele não está querendo te AJUDAR... E sim só querendo te vender seus EAs para LIVRAR OS DELE (Para o seu próprio uso).



Mas, você não passou mal por causa da preparação feita sem limites apenas para um Campeonato, certo? Quantos Campeonatos você participou e quais as distâncias entre eles?

João: Não quero falar...Para não ficar na cara. Não foi apenas um, foram menos que 10 e mais que 5 e melhores posições não poderia ter pego. E a distância entre ele era de no máximo 1 mês.


Com uma carreata de Campeonatos emendados um na cola do outro, a maior parte dos seus Ciclos foram para manter a Definição, para evitar o catabolismo e ajudar na força pelo fato de uma rígida restrição Alimentar Certo?

João: Sim, fiquei em ciclo o ano todo praticamente e em dieta também. Não tive vida social, fiz o que podia e o que não podia para ganhar tudo.


Matheus Fagundes: Agem de maneira exata e perfeita como anti-catabolismo por aumentar a síntese de absorção proteica.

Quero saber o que usou e o quanto usou ao longo desse ano. Veja bem, não quero saber o quanto usou em cada ciclo e suas Miligramagens, pois não tenho intenção de ajudar ninguém a montar seu ciclo. E como ficou os Protetores no meio dessa loucura toda?

João: Cara eu usei
8 Bujões de Stanozolol + 4 caixas de oral
4 Vidros de Dianabol
3 de Oxandrolona
3 Bujões de Testosterona (10ml cada)
1 Bujão de Trembolona
2 Bujões de Testosterona Aquosa
20 Ampolas de Cipionato 
10 Cartelas de Clembuterol
+ Algumas Cartelas de Diuréticos


Como eu já disse que "Tudo em excesso não é legal", e no caso de nosso Hormônio Masculino a "Testosterona" não é diferente, assim com o Stanolozolol, Nandrolona e etc...Uma pessoa que faz um ciclo que contenha Testosterona Ex: 3 meses de Cipionato de Testosterona de 200mg/ml, já notamos uma boa mexida no nosso Sistema Nervoso e na parte de produção natural de testosterona.
Como você ficou depois de tudo? Me descreva como ficou Psicologica e Fisicamente? 


João: O Culturismo é um Esporte ingrato, fiquei bem enquanto eu competia, depois meu corpo não foi mais o mesmo. Eu regro muito minha Alimentação para não perder volume nem a densidade. Psicologicamente que foi o pior, cheguei a um ponto que não tinha mais vontade nem de treinar, de conversar mesmo com pessoas que eu me sentia bem de estar junto. Só tinha vontade de CICLAR e fazer DIETA, mas no final já não aguentava nem mais as aplicações que cheguei a fazer 3 por dia.


Você ganhou quase todos os campeonatos que entrou nesse ano. Além disso o que você ganhou mais?

João: Eu só perdi. Perdi a mulher que gosto, dinheiro, saúde e confiança de algumas pessoas que são importantes para mim.


Daniel Barbosa: Fisiculturismo assim como qualquer ESPORTE, existe em nossas VIDAS PARA AGREGAR e não despedaçar AMORES, FAMÍLIAS e etc... Se isso esta acontecendo com você PARE AGORA e reveja seus VALORES.


Você teve e ainda está com problemas como DEPRESSÃO não é?

João: Sim, não tinha vontade de fazer nada. Tem coisas que não tem como explicar acho que só quem viveu essa situação vai saber o quanto é ruim esse sentimento.


Você está fazendo algum tratamento para sanar esses problemas? Exames para saber se não ficaram algumas sequelas?

João: Sim. Fiz exames e constataram que meu colesterol BOM foi a 6 e o médico me falou que eu era um ZUMBI. Sabe tive 2 convulsões, acompanhadas de muitos dias sem dormir. Estou fazendo um tratamento com fitoterápicos para me "LIMPAR". Agora vou me cuidar... Estou comendo bastante e de forma correta.


Como será daqui para frente? Continuará a Competir?


João: Daqui para frente não vou confiar mais em ninguém, vou fazer tudo diferente... Vou competir só ano que vem, mas vou conciliar amigos, família, trabalho e os campeonatos. Acredito que o Culturismo seja isso, conciliar TUDO. Existe muita gente que faz miche, vende drogas (EAs) enganando pessoas e gasta tudo o que tem e o que não tem para competir. Não adianta nada ter um corpo LEGAL SEM SAÚDE E NEM 1 REAL NO BOLSO...


O que realmente aconteceu para você falar : eu passei dos LIMITES?


João: Foi quando meus Rins pararam de funcionar, o problema que a gente acha que nunca vai acontecer algo ruim. Estou mudando, assim como entrei nessa vida estou me afastando. Vou fazer só o que eu gosto que é treinar pesado e fazer dietas... nada mais de loucuras...



Matheus Fagundes: Os rins são órgãos vitais no corpo humano, os problemas relatados nos rins podem ter sido causados pelo uso de diuréticos, que  provocam a excreção de excessivas quantidades de sal e de água pelos rins. Porém, um uso prolongado pode  debilitar os rins por um trabalho constante e forçado. 



Se um amigo seu ou até um irmão seu fosse entrar agora para o Esporte e começasse ERRADO como você começou. O que você falaria para ele?


Às vezes não adianta falar, você deve deixar a pessoa quebrar a cara para aprender. Mas, falo a real. A verdade é totalmente diferente.


Daniel Barbosa: Gostaria de deixar mais uma coisa clara. Avisar e alertar outras pessoas nunca é demais ainda mais quando o assunto é tão importante e que por uma falta de um pequeno toque eu até uma boa BRONCA podemos salvar uma vida.
Não sou contra o uso de EAs não, e acho até que deveria ser liberado, pois eles sendo proibidos acabam instigando a curiosidade em muitos. O que eu acho que teria que ter é MUITO MAIS INFORMAÇÃO.


Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa

O FORÇA TOTAL ALERTA : Antes de começar qualquer tipo de exercício físico, procure um médico para saber se está apto à prática de esportes.
Antes de começar qualquer tipo de dieta ou suplementação, procure um nutricionista.
O uso de anabolizantes causa diversos males à sua saúde.
O Blog Força Total não incentiva ninguém à usar anabolizantes.
Qualquer dúvida entre em contato conosco através do e-mail ftforcatotal@gmail.com.

Um comentário:

  1. Muito bom artigo,
    Parabéns ai "João" pela coragem, realmente se testemunho pode ajudar a salvar vidas> boa caminhada e sucesso man.
    Parabéns ao blog, mais uma entrevista massa...

    ResponderExcluir