26 de mar de 2013

Aquele PUMP do Treino tem a ver com as DORES MUSCULARES dos dias seguintes?


Ainda recebo algumas perguntas e muitas delas bem equivocadas, quando elas partem de um iniciante no esporte que leu algum artigo e acabou confundindo a informação ainda tudo bem... O problema é que ando vendo alguns ditos profissionais que ao invés de ensinar e esclarecer tais duvidas, acabam confundindo mais os novatos e passando informações erradas.

Uma informação que tenho como BÁSICA, ainda vejo muita gente falando besteira:

A frase "NO PAIN NO GAIN", por exemplo, que é muito usada até por aqueles que não a compreendem.

Sabemos que a dor muscular faz parte do processo no qual os praticantes de musculação estão atrás, mas não quer dizer que somos masoquistas!!! 
Para chegarmos ao nosso objetivo que é cada dia aumentarmos nossa massa magra, teremos que nos acostumar com as Dores Musculares, e não só nos acostumamos, como também depois de compreendermos o porque isso acontece, depois de um bom Treino ficamos bem putos se após um treino elas não se manifestarem.
Mas, qual será a duvida que mesmo sendo básica muitos estão falando besteiras?
Estão confundindo o PUMP que é aquela queimação que acontece na hora do treino com as dores musculares que sentimos nos dias seguintes após o treino.

Vou tentar esclarecer de uma forma simples:

Aquela sensação de inchaço (pump) que vem acompanhada de uma queimação se posso dizer assim, no local que estamos treinando é causada pelo Ácido Lático e pelo Ácido Pirúvico. É uma sensação momentânea, que logo após o treino já desaparece deixando a maioria dos marombeiros bem tristes kkkk. 


E as dores que sentimos nos dias após ao Treino?
Aquelas dores que sentimos nos dias seguintes de um Treino bem feito, não são causadas pelo Ácido Lático como muitos falam, essas dores fazem parte do processo de Hipertrofia Muscular (crescimento muscular).
Vou explicar:
Quando fazemos um Treino com Força Total damos início há um processo inflamatório naquele grupo muscular que trabalhamos e essas dores que você sente dias após o treino nada mais é que nosso corpo nos dando sinal que aquele local não está legal e precisa de cuidados. Nesse caso, isso já é esperado, pois com o treino abrimos micro-feridas e teremos que fornecer os nutrientes necessários para que elas cicatrizem e assim aumentamos o tamanho do músculo.

Dietas pobres em Proteínas e Carboidratos atrasam a cicatrização e assim deixam essas dores persistirem por mais dias. 

Usuários de EAs acabam tendo uma recuperação muscular muito mais rápida, e sendo assim minimizando essas dores do Pós-Treino. 

A Proteína nesse processo:
O papel da proteína é fundamental, não é a toa que acabamos gastando uma boa grana em suplementos como o Whey Protein. Após os treinos temos que fornecer uma proteína de rápida absorção (Whey Protein) para esses músculos que acabamos de machucar. Só não se esqueça que após o treino seu corpo estará com os níveis de Glicogênio Muscular muito baixo ou até zerado, e nessa altura seu corpo já entra em um estado catabólico. Faltando glicogênio muscular você não terá energia e após o treino seu corpo estará precisando dela, então se logo após o treino você fizer seu Shake de proteína sem ter uma fonte de carboidrato de alto índice glicêmico, estará jogando dinheiro fora. Seu corpo vai usar seu tão caro Whey como energia, e ele não será transportado para dentro do músculo. Então não se esqueça que logo após seus treino;s terá que ingerir junto com seu whey um carboidrato de alto índice glicêmico.


Quer aumentar sua Vasodilatação?




Tome muito cuidado com o que você escuta ou lê, pesquise, procure boas informações e sempre questione.











Blog Força Total

Daniel Eduardo Barbosa  

Nenhum comentário:

Postar um comentário