6 de out de 2012

Priscila Collins Atleta IFBB - Entrevista e Treino de Pernas e Glúteos


Perfil
Nome: Priscila Collins
Altura: 1,63cm
Esporte: Fisiculturismo
Categoria: Figure
Peso: OFF  62kg   /  Pré-Contest 52kg
Quadril: 96cm






Títulos Conquistados
1º Lugar - Campeonato IFBB Mineiro de Body Fitness 2010
1º Lugar - Campeonato IFBB Mineiro de Body Fitness 2012




FT- Como o Esporte entrou em sua vida? E quando você viu que já não era mais uma simples atividade Física?

Priscila Collins- Eu desde jovem gostei muito de cuidar do meu físico, com o passar do tempo comecei a admirar os físicos atléticos, aí decidi me matricular numa academia. Em 2009, conversando com um amigo e educador físico, vi a possibilidade de estrear nos palcos na categoria Figure, onde comecei a minha preparação física, adaptando o meu corpo ao porte atlético.


FT- Hoje você consegue se dedicar 100% ao Esporte e viver apenas dele?
Priscila Collins- Minha dedicação desde o inicio sempre foi 100%, por isso a tão significante mudança do meu corpo em poucos anos. Mas, infelizmente no Brasil ninguém que eu saiba consegue viver deste esporte. É muito lamentável para nós atletas viver num país, que ainda não tem a ideia que o esporte faz parte da educação e do desenvolvimento de uma sociedade saudável e equilibrada. 




FT- Conte-nos sobre sua Rotina Alimentar. E para você, o que é mais difícil deixar de comer?
Priscila Collins- Minha rotina alimentar varia muito, isso depende do período da minha preparação. A minha ideia alimentar é que o corpo precisa de todo tipo de nutrientes, proteínas, carboidratos simples e complexos, vitaminas, gorduras, açúcares e muita água. Eu me alimento sempre de 3 em 3 horas, e de jeito nenhum pulo refeições, caso contrário meu físico cataboliza. Em fase OFF Season, minha dieta fica rigorosa de segunda à sexta com baixos carboidratos, deixando liberado os finais de semana para as guloseimas tipo pizza, sorvete, massas, chocolates etc...Na minha fase Pré Contest, fico o tempo todo numa dieta bem restrita em carboidratos, juntamente com uma boa fonte de proteína isolada. Geralmente consumo 4 kg de Iso Whey por mês. Meu descanso aumenta nessa fase, focando minha energia somente nos treinos. Isso faz com que eu consiga um treino intenso mesmo ingerindo baixo índice calórico. O mais difícil de deixar de comer no período de Dietas é com certeza deixar de comer a vontade... hahahahah... minha disciplina é 100% focada no meu objetivo e nada nessa época tira meu foco da Dieta.




FT- Treino - Como é dividido seus treinos? Priscila, as Leitoras do Força Total sempre estão atrás de um treino de Glúteos no qual tenham suas vidas mudadas Ex: Antes do Treino / Depois do Treino kkk. Você poderia passar para elas o seu treino de Pernas e Glúteos?
Priscila Collins- Da seguinte forma:
Segundas - Faça exercícios para Peito, Ombros e Tríceps com Pesos Moderados e Leves. O objetivo é apenas definir estas partes. Recomendamos: Supino, Voador, Elevação Laterais e Tríceps na polia. Se concentre mais nos exercícios abdominais no final do treino. Treine Leve ~ Moderado com repetições entre 10 a 15.
Terças e Sextas - Agora o Bicho Pega. Total concentração. trabalhe com pesos moderados e pesados. O objetivo é fazer com que as Coxas e o Bumbum ganhem volume.
AGACHAMENTO - 5 SÉRIES DE 08/12 REPETIÇÕES

LEG PRESS - 4 SÉRIES DE 08/12 REPETIÇÕES


AVANÇO COM BARRA/HALTERES OU NA MÁQUINA - 4 SÉRIES DE 08/12 REPETIÇÕES


ROSCA DE PERNA DEITADO OU EM PÉ - 4 SÉRIES DE 08/12 REPETIÇÕES


CHUTE TRASEIRO NA MÁQUINA DE GLÚTEOS - 4 SÉRIE DE 08/12 REPETIÇÕES


FINALIZE O TREINO FAZENDO STEP E GÊMEOS SENTADO


Quintas - Novamente reduza os pesos. Trabalhe para definir Costas e Bíceps. Lembre: Seu objetivo é apenas fazer crescer as Pernas e o Bumbum. Deixe para desenvolver a parte superior do corpo apenas se você for fisiculturista. Faça nas quintas:
Polia Costas, Remadas e Roscas com halteres, se concentrando no Treino Abdominal no final do treino. Pesos leves e altas repetições.



FT- Priscila, ainda vejo muitas mulheres que não treinam pesado ou na maioria das vezes deixam de treinar os membros superiores por medo de perderem sua FEMINILIDADE. Você que é dona de um Shape de deixar os Marmanjos de BOCA ABERTA e a Mulherada morrendo de INVEJA, o que você acha sobre não treinar os membros superiores, especialmente o Treino de Peito?
Priscila Collins- Existe um mito que foi criado pela negligência de algumas pessoas que mulher que treina como um homem, vira homem (MUSCULARMENTE). A resposta é simples: o fator de crescimento muscular do homem está ligado a quantidade de testosterona no corpo. Essas quantidades na mulher são baixas, por isso é impossível geneticamente uma mulher que não faça uso de substâncias anabolizantes (hormônio masculino) fique com um físico masculino mesmo treinando pesado qualquer parte do corpo, incluso o PEITORAL. Não tem como adquirir um físico bem simétrico e bonito, se deixamos de treinar algum músculo. O que faz a diferença é a metodologia de treino aplicada a cada músculo, digamos que o tipo de treinamento é totalmente responsável pela forma física.  



FT- Você já competiu fora do país que eu sei, dentro da America Latina, mais precisamente no Paraguay. O que achou de diferente mesmo estando numa categoria igual a sua? Qual a comparação com o Brasil?
Priscila Collins - Quando cheguei no Paraguay, com o físico dito Body Fitness brasileiro hahhaha, foi ironicamente lamentável. Eu me deparei com atletas com um físico completamente diferente do meu. Eram mais alongadas, magras nem parecia que estava na mesma categoria que elas. Eu fui admirada por muitos pela minha genética, mas orientada a mudar meu físico para competir internacionalmente na minha modalidade (Figure). A partir daí, eu aceitei bem a crítica e pude perceber o caminho errado que o Brasil continua apoiando sobre regras e categorias, onde mundialmente outros países se adaptaram. 


Transformação do seu físico que ela relata no texto acima 



FT - Soube que no Paraguay você se encontrou com o grande Coach Charle Glass, e que na ocasião você pediu que ele fizesse uma avaliação do seu Shape. Como foi esse encontro e o que mudou depois dele?
Priscila Collins - Eu sou muito disciplinada e gosto de mostrar meu melhor. Então descontente com as críticas recebidas por estar fora das verdadeiras regras internacionais, fui ao encontro do grande Charle Glass, que se encontrava no campeonato do Paraguay e pedi uma avaliação do meu Shape. Ele me olhou bem e me disse: Priscila seu problema é com certeza suas pernas grossas, para ser uma Figure Internacional você tem que eliminar seus Vastos Laterais por completo. Você tem um LINDO CORPO, mas para disputar está categoria com certeza terá que se adaptar. Então voltei para casa com uma só ideia...a de adaptar meu físico ao Padrão Internacional. Na semana seguinte, comecei minha luta contra o tempo, pois estava no meio de março e no começo de julho eu tinha uma competição no Brasil e queria me apresentar exatamente como o Charles Glass me orientou, totalmente nas regras IFBB Internacional para poder representar bem meu país... Foi um período muito sofrido de dor e de tristeza, porque eu catabolizava minhas pernas após anos de Treino Pesado e surgia muita tristezas, medo e adrenalina. Juntamente com meu personal, avaliei cada centímetro do meu corpo para fazer a adaptação, ensaiava poses até de madrugada, nada podia dar errado, cada gesto, cada pose cada olhar. Foi uma experiência maravilhosa para mim, eu me superei, mostrei que uma atleta é aquela que consegue adaptar seu físico onde pretende competir e pude provar que não tem essa falsa ideia de que brasileira é assim mesmo, mostrei que quando se tem conhecimento o corpo vai a onde o levamos. 


FT- Qual sua maior conquista no Esporte ou a que te deu mais SATISFAÇÃO?
Priscila Collins- Com certeza minha maior conquista foi conseguir adaptar recentemente meu físico totalmente brasileiro, cheio de curvas num perfil totalmente oposto ao meu (Padrão Figure Internacional) 



Nessa Entrevista temos uma NOVIDADE. Agora quem participa do Grupo Força Total no Facebook terá direito a participar da Entrevista. As perguntas mais curtidas serão Publicadas. Nessa entrevista, entraram 3 perguntas feitas pelos membros do Grupo Força Total.

1ª Pergunta feita por:

"O que é mais Difícil para você se manter fiel: Treino, Alimentação ou Descanso? E mesmo sabendo que os três trabalham juntos: Qual deles te dá mais resultados e qual não se pode pecar nunca?"
Priscila Collins - Olá Robson, como você mesmo disse, os 3 realmente são de muita importância em conjunto para o resultado final. O que acho mais complicado em manter com certeza é o descanso, eu costumo dormir muito à tarde, aí as vezes confesso que fujo das regras. Hum, realmente a pergunta tá complicada, porque Robson, um não vive sem o outro, se eu não treinar bem e comer bem, vou engordar, se treinar e não comer vou catabolizar, se não respeitar o descanso vou perder parte de ambos. A verdadeira resposta é que nenhum dos 3 podem faltar, por isso que o fisiculturismo é um esporte que requer muita disciplina, uma dedicação tão imensa que poucos conseguem levar a sério e isso que faz a diferença na hora do progresso.

2ª Pergunta feita por:

"Eu gostaria de saber se você quando criança, tinha uma alimentação correta ou seus pais não ligavam muito para essas coisas? E o que eles acharam quando você resolveu entrar nesse mundo de disciplina e determinação?"
Priscila Collins - Ola Lucas André, eu quando criança sempre me destacava sendo a garota diferenciada das outras, todos notavam uma vaidade excessiva com meu corpo. Sempre tive uma alimentação equilibrada, e na classe era sempre a conselheira das amigas, adorava guardar recortes de revistas, não somente de físico, mas também de pele, cabelo, comportamento. Meus pais nunca me incentivaram a ser assim, eu naturalmente fui me tornando . Quando decidi entrar no ramo de competições os meus pais, assim como alguns outros, ficaram contra. Logicamente porque acreditavam que eu iria me tornar masculina, ou que eu tava sofrendo muito com a dieta, sempre achavam uma desculpa para tentar tirar meu foco da competição. Mas, com o passar do tempo, eles foram conhecendo a verdadeira filosofia do esporte, foram percebendo o quanto me deixava feliz, e que meu físico estava a cada dia mais bonito e feminino, e também o quanto o fisiculturismo educa e equilibra uma pessoa. Hoje minha mãe adora ver comigo o maior dos campeonatos (Mr. Olympia) ela torce, e eu percebo uma boa crítica, hahahah acho que este esporte realmente faz milagre, física e mentalmente.


3ª Pergunta feita por:
"Queria saber muito sobre as Dietas dela Beijosss.
Dieta - Nos relate como é feita sua Dieta Off e para Definição (Cutting) Por Favor LINDA..."
Priscila Collins - Ola Layla, minhas dietas são muito relativas, depende do meu físico no momento. Geralmente eu faço várias dietas ao longo do ano, não tenho uma dieta específica para mim, sempre meu nutricionista monta em relação a minha atualidade. Eu falar das minhas dietas, fica um pouco complicado, uma vez que ela oscila muito. Justamente por ser uma atleta de competição minha exigência física é superior a média, tudo que eu faço é preciso muita determinação, e uma disciplina mental extrema, uma adaptação a longo prazo. Por isso achei interessante deixar uma das minhas dietas básicas que faço ao longo do ano, que serve de base e exemplo do tipo de dieta equilibrada que qualquer pessoa deveria seguir para diminuir as gorduras ou manter um físico saudável.

Dieta:
Café da Manhã
2 Ovos Refogados com cebola, pimentão e tomate.
1 Fatia de queijo baixo em gorduras.
1 suco de laranja natural

Segunda Refeição
1 Yogurt Light + 1 Maçã

Almoço
1/4 Filé de Frango ao forno.
1 Salada verde completa ( Alface, cenoura, tomate e etc...Bem colorida)

Lanche da Tarde
1 Mix de Proteina e aminoácidos

Jantar (19:00~21:00)
350gramas de Salmão com Salada verde completa.

Antes de Dormir
1 Proteína Isolada





Gostaria de fechar este Novo Quadro e a Entrevista com uma última Pergunta:

FT- Priscila, os Atletas sabem que existe uma legião de fãs e muitos deles treinam com muito afinco e determinação. Mesmo que a maioria não consiga os mesmos resultados que vocês atletas de alto rendimento conseguem, por inúmeros motivos, entre eles : terem que trabalhar, cuidar de filhos e falta de informações, entre outros fatores. Você sendo Atleta, como poderia ajudar esse pessoal que está querendo deixar de ser um Atleta Recreativo e enfrentar a vida de: Regras, Disciplina, Abdicações e lógico de muitos momentos Maravilhosos e de Grande Realizações, como o sabor da Conquista de um Bodybuilder?
Priscila Collins - Fazer parte deste esporte significa deixar de lado sua vida normal. Suas amizades vão mudar, seus passeios, sua rotina toda de vida, vão ficar direcionadas a um único propósito "O Fisiculturismo". Deve ser visto como Esporte Sério, onde a determinação é a regra número um a seguir. Eu costumo dizer que o esporte me escolheu, devido minha força de superação e determinação. O conselho que dou é o de manter sempre a humildade, e usar seu corpo além do culto à beleza, para ajudar pessoas que precisam de uma força para levar uma vida saudável. Os principais desafios serão vencer o egoísmo, a vaidade e a arrogância, pois vejo que estes são os principais defeitos que destroem corpos brilhantes e talentosos. Nunca se deixe levar pelo egocentrismo, definitivamente isso não faz parte deste esporte.





O Blog Força Total agradece a Atleta IFBB Priscila Collins 
por compartilhar seus conhecimentos com o FT e seus 
Leitores, com tanta Simpatia e Alegria. 
Muito Obrigado.

Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa

3 comentários:

  1. show FT, e muito obrigado Priscila collins

    ResponderExcluir
  2. ola meus fans,amigos...que maravaliha foi para mim poder participar deste maravilhoso blog e mostrar um poucoi da minha rotina para voces! Estou muito feliz ,pelo reconhecimento vindo de vocers,realmente me sinto mais forte com esse carinho!! beijo a todos..Priscila Collins

    ResponderExcluir
  3. Daniel Barbosa , entrevista muito bem feita... atleta muito atenciosa nos comentários.. Agora um desabafo.. ODEIO O PADRÃO FIGURE INTERNACIONAL !!! é uma pena que as brasileiras estejam se rendendo a um padrão norte-americano pra ter o seu "lugar ao sol" na IFBB.... Mulher gostosa é mulher brasileira !!! A via deveria ser inversa !!! O país com as mulheres mais belas do mundo é que deveria ser o padrão,, e o resto do mundo que viesse competir aqui... Ok, os EUA ganham o domínio do bodybuilding a anos, e fazem bem... Agora, nossas mulheres vão destruir suas curvas, glúteos e coxas pra ficarem inexpressivas nos padrões americanos? Que merda hein ?! Priscila Collins, voce é linda, e a crítica não foi para voce, mas para o sistema ok? Bons treinos, muita saúde e sucesso na tua carreira!

    ResponderExcluir