27 de ago de 2012

Enzo Perondini - Entrevista com o Fisiculturista e Pastor da Igreja Zion

Eu já estava há algum tempo querendo fazer essa entrevista. Enzo Perondini, fisiculturista que tem uma experiência de vida de deixar qualquer um de queixo caído, e nos faz pensar se estamos fazendo a coisa certa, e se realmente os fins justificam os meios. Espero que vocês gostem da Entrevista. Boa Leitura.


Perfil
Nome: Enzo Perondini Filho
Idade: 49 anos
Esporte: Bodybuilding

Títulos - 
Os mais importantes de sua carreira.
Mr. Brasil 1993, 1994,1995, 1996 e 2002.
South América 1994,1995 e 1996.
Ibero América 1996




FT - Pr. Enzo conte-nos do seu começo no Esporte. E quando o Sr. viu que tinha potencial para ser um Profissional de Fisiculturismo?


Pr. Enzo - Pratico esportes desde criança, comecei no Judô, Powerlifting e depois em 1989 estreei no bodybuilding. Percebi que tinha potencial porque era muito mais forte que todos meus amigos que treinavam comigo. Eles me incentivaram a participar do estreantes de powerlifting, comecei quebrando todos os recordes do estreantes.

FT - Na época o Sr. era patrocinado, e tinha vários compromissos com seu patrocinador, tendo que manter uma qualidade física. Como era possível manter o seu físico o ano inteiro apresentável?
Pr. Enzo - Tive vários patrocinadores durante minha carreira, o que mais exigia de mim foi a Optimum Nutrition, em meu contrato constava que eu tinha que durante onze meses no ano estar em forma para fotos de campanhas publicitárias e apresentações em palestras seminários e campeonatos. Mas, para mim, fazer dieta e treinar nunca foi um sacrifício, fazia com prazer. Amo este esporte e gosto de fazer dieta, gosto do que como, gosto de treinar, o desafio de superar e vencer a cada dia é motivador e estimulante.




FT - Sabemos que existe um abuso do uso dos EAs, como era sua relação com eles? E como foi que descobriu que estava com sérios problemas de saúde?
Pr. Enzo - Usava durante o período que tinha que estar em forma, sempre fui muito exigente e perfeccionista, buscando me superar a cada dia. Fiquei sabendo que estava doente após um congresso de musculação em Recife, onde comecei a me sentir mal, era mês de outubro 1998, estava me preparando para o mundial da Turquia.

FT - Assim que recebeu a triste notícia que estaria correndo um grande perigo de morte qual foram suas primeiras providências? E o que ou quem te ajudou a segurar essa barra?
Pr. Enzo - Suspendi tudo o que eu estava tomando, diminui a quantidade de proteínas que estava consumindo, e comecei a tomar muito líquido, tentando me desintoxicar. O que me ajudou a segurar essa barra foi a minha fé em Deus, e crer que seu filho Jesus, que morreu por nós, poderia me dar uma nova chance e me curar.



FT - Como foi que saiu vitorioso desse grande obstáculo que a vida lhe apresentou? E como ficou o Esporte nesse período?
Pr. Enzo - Deu certo acreditar em Deus, fui desenganado pelos médicos, que me deram poucas expectativas de vida, estou vivo por um milagre. A princípio, no período de crise fazia apenas exercício aeróbios, mesmo porque meus rins não estavam funcionando e eu ficava muito inchado, com muita retenção de líquidos. Aos poucos, à medida em que fui desinchando, voltei a treinar com pesos.




FT - Hoje já curado, o que mudou em sua vida? E como ficou o Fisiculturismo?
Pr. Enzo - Hoje me sinto muito mais maduro e experiente. Dei uma parada após o ano de 2002, venci o campeonato Brasileiro e abandonei as competições. Estou voltando este ano, comecei a treinar forte novamente em janeiro de 2012, participei do Universeweekend Muscle Mania, dias 15 e 16 de junho, ficando com o segundo lugar na minha categoria, talvez até o final do ano participe de mais alguma competição, meu desejo é um participar do Mister América em Las Vegas. Acredito que hoje tenho equilíbrio suficiente para não exagerar, e praticar nosso esporte ainda que de maneira competitiva mas saudável.



FT - Em que mudou em relação aos EAs? Eu vi num comentário seu, que este último campeonato que participou foi o primeiro que não teve medo de fazer o exame de dopping. Conte-nos como foi, e como vê sua realidade agora no Fisiculturismo?
Pr. Enzo - Durante esses meses de dieta e treino, não fiz uso de EAs, por isso fazer o anti doping foi bem tranquilo. A minha intenção sempre foi a melhor com relação aos EAs. Eu nunca quis denegrir o esporte como muitos pensaram, mas sim testemunhar o que aconteceu comigo, para não acontecer com mais ninguém. Hoje em dia competir sem o uso é muito difícil, muitos atletas fazem uso. Não só na musculação, mas em todos os esportes. A diferença é que no bodybuilder evidencia muito o uso pelo crescimento da massa muscular, que é nosso objetivo. Penso que cada um faz o que quer com seu corpo, o alerta é para ter cautela e fazer exames periódicos e acompanhamento médico, para minimizar os riscos. Se eu voltasse a usar com certeza faria com muito cuidado, pois por fazer o uso deles, eu quase paguei essa conta, com a própria vida. E todos sabemos que mais cedo ou mais tarde a conta vai chegar. Os riscos são bem grandes, como todo esporte de competição tem seus riscos. Mas, não julgo e nem condeno quem toma, não sou hipócrita, como eu disse em outras entrevistas. Como vencer sem usar? Ou competir com atletas que usam? Fica bem complicado.




FT - Tem condições de participar de campeonatos sem fazer uso de EAs, e concorrer com quem faz uso deles?
Pr. Enzo - Não acredito em vitória sem uso, competir podemos competir sem seu uso, mas vencer sinceramente eu penso que não.

FT - O que pode ser feito para se ter condições de participar de competições sem fazer uso de Esteroides?
Pr. Enzo - Eu acredito que o importante é estar bem, fazer uma boa dieta e se apresentar bem nos campeonatos. Se a opção é não usar, ser um atleta natural, o legal é fazer uso de tudo o que está a disposição em suplementos. Hoje existe uma quantidade de produtos disponíveis bem considerável, que pode nos dar condições de ter um bom físico e até participar e ficar bem classificado nos campeonatos, pelo menos de maneira natural não existem grandes riscos.




FT - Pr. Enzo se você pudesse voltar no tempo o que você faria de diferente? Você acha que foi um fato isolado ou um conjunto de coisas que te levaram ao erro, no seu caso a perda de saúde? 
Pr. Enzo - Durante minha carreira observei muita gente ficando doente e morrendo, eu fui mais um a sofrer as consequências. Se eu voltasse no tempo, talvez eu tivesse usado um pouco menos, ou teria tomado mais cuidado, com certeza teria um médico que me auxiliasse com exames periódicos para não passar pelo que passei.


FT - O Sr. vai continuar participando de campeonatos? E se sim, quais?
Pr. Enzo - Meu desejo é continuar, ainda quero participar de muitos campeonatos se Deus permitir. Tenho uma limitação muito grande pois meus rins funcionam com 40 por cento de sua  capacidade, tenho que ter muita cautela na ingestão de proteínas para não lesar mais e perder mais de sua função.


FT - Deixo esse espaço para o Sr. deixar uma mensagem para esses novos atletas de entram no Esporte todos os dia.
Pr. Enzo - A mensagem que deixo é de que somos um todo, Corpo, Alma e Espírito. Da mesma maneira que cuidamos do nosso corpo devemos cuidar de nossa alma e espírito. Um pouco de fé, conhecer a Deus e a sua Palavra e fazer o bem, pode fortalecer nossa alma e nosso espírito e assim verdadeiramente seremos invencíveis! Gosto do versículo que diz que Jesus Cristo é o Caminho, a Verdade e a Vida!
Pratique e aplique em sua vida porque Ele funciona e é bom. Agradeço a oportunidade e desejo a todos felicidades, sucesso e Bons Treinos.

Para quem quiser ver as fotos do Campeonato Universeweekend Muscle Mania, que aconteceu nos dias 15 e 16 de junho. No qual o Atleta Enzo Perondini participou ficando em 2º lugar, marcando ali seu retorno ao Bodybuilding. Clique AQUI




O Blog Força Total agradece
 pela Entrevista, por sua atenção e 
por compartilhar sua 
experiência com nossos 
Leitores. 
Muito Obrigado
Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa  

6 comentários:

  1. Ótima entrevista Enzo Perondini Filho. Uma grande lição de vida mesmo!!! Estou entrando nesse mundo com muita cautela e agora muito mais alerta ....!!!

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela entrevista, Daniel e Enzo! Acho que todos que admiram o esporte deveriam ler.

    ResponderExcluir
  3. Eu sei bem, o que é isso e tambem alerto aos calouros: cuidado é um mundo de ilusão. Hoje sofro uma serie de transtornos causados pelo uso dos EAs. Fui acometido por disfunção no figado, e na segregação do hormonio Testosterona tendo q fazer tratamento de reposição hormonal. CUIDADO, vc vai ficar bonito por fora e acabado por dentro é ilusão!!!

    ResponderExcluir