8 de mar de 2012

Esteróides Anabolizantes - Falso ou Verdadeiro?

Com a proibição dos Esteróides Anabolizantes no Brasil, criou-se uma nova Indústria Milionária, que fatura muito alto por ano.
Ainda se esses falsificadores agissem só para burlar a lei, e mantivessem o produto que estão falsificando, quero dizer: se ele vendessem realmente a droga que está descriminada em seu rótulo, seria menos mal.

Mas não, isso não acontece, e na sua grande maioria acho que nem Deus sabe o que vai dentro de cada ampola ou o que contém cada comprimido. Alguns até tem algum tipo de Esteróide Anabolizante, mas não temos como saber qual tipo e em que concentração ele se encontra.
É muito comum vermos em chats na internet, pessoas comentando suas péssimas experiências com esses produtos falsificados. Ex: Pessoas que acham que estão usando Stanozolol (Winstrol) e acabam tendo ginecomastia, pois não tinham o TPC para drogas que aromatizam, ou pessoas relatando ciclos de 10 semanas ou mais, com ganhos de apenas 2kg de massa corporal, e que no final acabam sem nem saber se devem ou não fazer o TPC, pois está na cara que foi usado produto falsificado . Na minha opinião, tem que fazer sim o TPC, até para não correr mais riscos.
Com a proibição do uso de Esteróides Anabolizantes, ao meu ver o Governo acabou aumentando os riscos, ao invés de evitar fatalidades com o uso destas drogas. Sim, pois quem decide usar, vai usar nem que precise pagar mais caro, só que agora com o risco de cair na Rede dos Falsificadores.
Até quando vamos viver em sociedades autoritárias, que ao invés de usarem a sabedoria, esclarecendo, dando informações, acabam trocando os pés pelas mãos aumentando o problema ????


Cuidado: Mesmo você encontrando uma farmácia que venda anabolizantes sem receita médica, fique esperto!!! Não é porque é um estabelecimento comercial que você está seguro. Lembre-se que é por baixo do pano que ele está te vendendo. Sempre vai haver pessoas te falando: eu tenho um amigo que faz esquema no Laboratório, ou é da Policia Federal, ou traz de fora. hahahah Esta é Grega kkkkk!!!


Antigamente existiam laboratórios clandestinos que se localizavam, em sua grande maioria, no México e abasteciam o mercado EUA com Esteroides. Hoje só temos falsificações, onde os falsificadores só estão preocupados com a aparência do produto, para cada vez mais parecerem originais. Antes, a maioria das falsificações eram mal feitas, numa simples olhada dava para ver a diferença, coisa que hoje já não é bem assim. Eles também contam com Tecnologia, mas ainda temos como nos precaver.
Já que você tomou a decisão de se arriscar no Mundo dos Esteróides Anabolizantes, tome cuidado.


Como podemos reconhecer se é ou não Original?
Os laboratórios, na tentativa de dificultar a ação destes criminosos FDP, criaram diversas formas para alertar os compradores.
Caixa do produto: Observe a impressão, o número do lote, e a validade do produto que deverá bater com a da bula.


Bula: Todo material impresso usado pelos laboratórios, são feitos por gráficas, então preste atenção no papel, e na diagramação do texto. Obs: gráficas não usam papel sulfite, muito menos impressoras à laser ou jato de tinta.


Rotulo: Siga o mesmo padrão, observe a diagramação do rótulo, o papel, as informações tem que bater com a caixa, e principalmente lembre-se que quem coloca o rótulo é uma máquina, não é feito manualmente. Para quem trabalha em fábrica aqui no Japão, sabe que existe um controle de qualidade, e no caso de algum defeito que a máquina apresente, mesmo sendo apenas um rótulo colado torto, o produto será descartado. Alguns produtos possuem selos holográficos.


Observe a diferença do tamanho dos frascos e dos escritos,
algumas palavras estão em negrito e no outro não.


Observe que em um Bujão falta o número do lote e outras especificações



























Lacre: Eu acho este um dos pontos principais, sendo que em muitos casos, os Esteróides Anabolizantes comprados por baixo do pano vem sem a caixa e sendo assim sem bula. Falo isso, pois aqui no Japão este é um fato. Antes de fazer este post, conversei com alguns amigos que moram aqui no Japão e no Brasil e a desculpa é a mesma. Não vem com caixa para não ocupar muito espaço, mas falando com um amigo bem expert no assunto, ele me falou que pelo menos aqui no Japão é mais difícil encontrar falsificações. Os requisitos do rótulo e do lacre estão dentro das normas. O Lacre vem com um dispositivo geralmente num material parecendo um plástico duro ou acrílico, geralmente colorido. Este na minha opinião é um dos pontos chaves para detectar se o produto é falso ou não. 


Lembre-se o produto original já pode lhe trazer problemas, imagine se for falsificado!!!
Espero ter ajudado...
Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa






Um comentário:

  1. Ola vc q ja morou aki no japao ja ouvio falar no site http://www.eagletsportsmanagement.com/index.php ??? sabe me dizer se e confiavel??

    ResponderExcluir