11 de jan de 2013

HGH - Saiba mais sobre o Hormônio do Crescimento


Ainda há muitas perguntas sobre o tão cobiçado HGH (human growth hormone) ou apenas GH (growth hormone), sem respostas. Conhecido como Hormônio do Crescimento, ainda não é um hormônio muito usado, mas isso porque usar ele como uma terapia para quebrar platô é muito CARO, e ainda é só para uma pequena parcela de Atletas Profissionais e Atletas Recreativos dos mais diversos Esportes que tem o privilégio de fazer uso do GH, e logicamente que entre esses Esportes os de (FORÇA) se encontram com muitos adeptos ao uso do HGH.
Hoje em dia encontramos o Hormônio do Crescimento Sintético, só que no passado quando ele foi usado por nossos Ídolos, a história era outra. No passado, o pessoal da Old Scholl já fazia uso do HGH, só que não existia ele na sua forma sintética (fabricada em laboratório), então era preciso retirá-lo de cadáveres. Vou explicar um pouco mais:




Em 1956, o hormônio do crescimento foi isolado pela primeira vez para começar a ser usado em tratamentos. Naquela época, ele era usado em crianças com problemas de crescimento e é por esse motivo que se deu o nome de Hormônio do Crescimento.
Até o ano de 1989, o GH era retirado de uma glândula situada na base do cérebro, chamada Hipófise, de CADÁVERES HUMANOS. Como só tinha esse jeito de se conseguir o GH, era bem escassa a quantidade de GH para esses tratamentos e tinha um outro ponto bem negativo, como era retirado de cadáveres, a pessoa que recebia o GH corria um sério risco de uma transmissão infecciosa (infecção priônica).
Em 1989 com o surgimento da técnica de engenharia genética recombinante, o GH começou a ser produzido em laboratório, dando assim início ao HGH Sintético e o aumento da produção do hormônio, deixando de ser usado só para tratamento de crianças e abrangendo adultos com deficiência de GH. 

Como já disse, ainda existem várias perguntas sem respostas e estou pesquisando já há algum tempo e primeiro vou relatar o que consegui apurar nessa pesquisa com dados científicos. E num próximo Post, o que consegui de relatos, fatos vividos por atletas competitivos e recreativos que já fizeram uso ou ainda usam o GH.




Foi comprovado em estudos científicos que em situações de ausência ou redução acentuada da síntese do GH, a diminuição na quantidade de massa muscular é inevitável, "vendo por esse ângulo, então se administrarmos esse hormônio em sua forma sintética teremos o Anabolismo". Vamos com CALMA!!!
Como falei vou primeiro colocar o que eu consegui apurar de Estudos Científicos, e eles demonstram que o GH também tem efeitos considerados como "Anabólicos", dentre os quais a promoção do balanço protéico e o aumento na quantidade de massa muscular. Foram feito estudos em pessoas que estavam com deficiência na produção natural de GH e idosos, e obtiveram ótimos resultados. A reposição do hormônio resulta em aumento na Força, na Massa Muscular e no Volume Máximo de Oxigênio ( Em pessoas que estavam com problemas na produção natural de GH ou por alguma enfermidade ou pela idade avançada).
Pesquisas preliminares demonstram que, quando indivíduos saudáveis foram submetidos à infusão aguda com GH, em quantidades similares à liberação fisiológica, observou-se aumento na capacidade de síntese protéica, concomitante à redução na degradação/liberação de aminoácidos pelo tecido muscular, fato que pode ser considerado como efeito "anabólico". Uma vez que nesses estudos não foram constatadas alterações na concentração sistêmica de alguns hormônios, incluindo insulina e o IGF-1, foi postulado que o GH pode regular de forma direta o TURN OVER PROTÉICO de células, principalmente musculares. Nesse sentido, o GH poderia servir como sinal anabólico para o aumento na quantidade de massa muscular e para regular as adaptações que ocorrem com a realização de exercícios físicos.
Veja bem, quando se fala em HGH e Anabolismo esperamos que ao usar a aplicação exógena (uso do GH sintético) conciliada a um programa de Treino seja o suficiente para se obter os ganhos desejados, entretanto estudos sobre os efeitos "anabólicos" do GH no metabolismo protéico, na força muscular ou no desempenho e massa muscular de indivíduos saudáveis são controversos. Alguns autores sugerem que o aumento na massa muscular em atletas de diferentes esportes, incluindo, o halterofilismo e o fisiculturismo se deve não apenas à utilização crônica de GH, mas também a administração conjunta de outros hormônios ou agentes anabólicos.



Exercícios Físicos e o GH.

Já se sabe que quando submetemos nosso corpo ao estresse automaticamente ajudamos a liberação do GH, não estou falando para você ir na casa da sua Amada Sogra no intuito de estimular a secreção do hormônio do crescimento kkkkkk, quando falei "Submeter o corpo ao estresse", estou falando de nossos TREINOS de verdade!!! Quem já leu algum artigo onde fala que conseguimos estimular a produção de Testosterona Natural através de exercícios? Isso mesmo, exercícios como Agachamento Livre, Terra e etc... Tem esse poder. É quase a mesma coisa com o GH. Diversos efeitos promovidos pelo exercício físico são influenciados pelo GH, incluindo a redução no catabolismo protéico e a oxidação de glicose, concomitantemente ao aumento da mobilização de AGL (Ácidos Graxos Livres) do tecido adiposo, para gerar energia. Esses fatos sugerem o GH como importante hormônio liberado em diversas situações de estresse.
Como vimos, ao colocar nosso corpo em situações de estresse por intermédio de Treinos, com pesos e com alta intensidade ou até aeróbicos estamos estimulando a secreção do GH e assim teremos um aumentando na circulação de GH durante o exercício.

Agora acho que você não sabia é que:

Em indivíduos não treinados (sedentários), submetidos a exercícios aeróbicos apresentam maior amplitude na liberação de GH do que indivíduos Treinados. kkkkkkkkk PUTA SACANAGEM...
E uma das hipóteses por acontecer isso está diretamente relacionada com o Lactato liberado no exercício, para uma pessoa não treinada, a realização daquele exercício apresentará um estresse fisiológico não habitual que geralmente levará à ruptura de membranas celulares, com liberação de enzimas citosólicas e eleva a síntese de lactato, assim aumentando uma secreção de GH maior do que em pessoas já acostumadas aos estímulos dos Treinos.

Você sabia ???
Que as MULHERES apresentam maiores concentrações de GH do que os HOMENS, e essa diferença está relacionada ao hormônio Estradiol, o qual acredita-se ser um potente estimulante da liberação do GH?????

GH e seus efeitos no TECIDO ADIPOSO.

Como já mencionei os efeitos do GH nos músculos esqueléticos ainda necessitam de muito ESTUDO, mas os efeitos diretos no Tecido Adiposo são melhores documentados. 
Foi observado que em pessoas com deficiência na produção de GH, tem um acúmulo de gordura pelo tecido adiposo, e que o uso de GH sintético promove aumento na concentração sérica de glicerol e AGL, sugerindo aumento da lipólise no tecido adiposo, reduzindo especialmente a quantidade de gordura abdominal.  
Já em estudos com pessoas saudáveis também tiveram efeitos positivos, observaram efeitos indicativos de lipólise com administração do GH. Foi observado que ao utilizar o GH sintético mesmo em pessoas que não estavam com seus níveis baixos naturais, tiveram aumento na lipólise do tecido adiposo subcutâneo das regiões abdominais e glútea. Que são os lugares onde o pessoal se mata e só consegue eliminar por último, só que com o uso do GH tudo fica mais fácil além de fazer um efeito anti-catabólico.
Além disso, o GH pode antagonizar o efeito anti-lipolítico da insulina, aumentando a taxa de oxidação de AGL. Esses efeitos por si só, poderiam alterar a capacidade de oxidação de gorduras pelos tecidos, contribuindo para a redução da quantidade de gordura corporal.

Você sabe o que é LIPOGÊNESE???

É a criação de novas células adiposas. E o GH consegue radicalmente reduzir a LIPOGÊNESE, e dessa forma resultando numa expressiva perda de peso.

Como é mesmo que podemos ajudar nosso organismo a estimular o uso do GH???

Quando os níveis de GH estão baixos.
Quando estamos em jejum.
Quando os níveis de Glicose estão baixos.
Quando os níveis de Ácidos Graxos Livres estão baixos.
Quando os níveis de ARGININA estão ALTOS.
Quando DORMIMOS BEM.
E quando submetemos nosso corpo ao ESTRESSE com a SOGRA OPs!!! me enganei... ao ESTRESSE dos EXERCÍCIOS.

Quais os efeitos COLATERAIS se eu usar o GH?

Intolerância ao CARBONO HIDRATADO.
Como o nome já fala GH ( Hormônio do Crescimento ) ele não faz crescer só o que você deseja não, e sim inúmeros órgãos do seu corpo também irão crescer (Fígado, Rins, Coração e etc..), como também extremidades do seu corpo (Mãos, Queixo e etc..). Ahhh!!! ficou contente com o fato de crescer as extremidades???? kkkkk Mas, aí onde você está pensando, sinto em lhe informar que não vai ter alteração nenhuma.
Aumento e resistência na secreção de insulina, bem como aumento nos triglicerídeos.
E até um distúrbio da hipófise causando uma maior secreção do GH, que acarretará uma doença chamada GIGANTISMO e não é que você ficará monstro não... ( pessoas com esse problema vivem pouco tempo.
Além de foder com seu bolso, pois é muito caro.




Dosagens usadas:
Para Homens: de 2~8 UI.
Para Mulheres: As doses para mulheres acabam ficando pela metade das dos homens.
Medição: UI ( unidade internacional )
Aplicação: Subcutânea  
OBS: podendo também ser intramuscular.



Conclusão
É fato que ele é super usado hoje em dia por quase todos atletas de ponta, e que seus efeitos são bem satisfatórios. Só que é uma manobra que requer muita perícia pelo seu usuário, pois além de tudo que eu relatei de estudos aqui, quando se é feito seu uso com a intenção de melhorar a performance de um Atleta, estamos mexendo no eixo hormonal do nosso organismo, e para manter ele em harmonia teremos que controlar outras partes do corpo exemplo: Tireoide.

Antes de fazer uso, faça um Estudo sério e procure ajuda de um PROFISSIONAL. 
Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa 

O FORÇA TOTAL ALERTA : Antes de começar qualquer tipo de exercício físico, procure um médico para saber se está apto à prática de esportes.
Antes de começar qualquer tipo de dieta ou suplementação, procure um nutricionista.
O uso de anabolizantes causa diversos males à sua saúde.
O Blog Força Total não incentiva ninguém à usar anabolizantes.
Qualquer dúvida entre em contato conosco através do e-mail ftforcatotal@gmail.com.


Nenhum comentário:

Postar um comentário