31 de jul de 2012

Frutose - Entenda mais sobre ela.





Frutose, hoje em dia vejo muitas pessoas com brigas homéricas com a balança, e algumas chegam até pensar que não vão conseguir, que chegou até aquele ponto no seu regime e não vai conseguir definir a parte interna das coxas e muito menos o abdomen. Desde pequenos escutamos de nossas avós, mães e da maioria dos nossos familiares que se preocupam com nosso bem estar falando: Coma fruta menino (a), beba suco de fruta, é natural vai te fazer muito bem. Adoce com Mel, mais saudável e etc...

Ainda vejo algumas dietas passadas por alguns profissionais onde se encontra um consumo bem elevado de frutas, e não tem um alerta ou uma explicação sobre o consumo delas.


O que é Frutose?
Mais conhecido como o açúcar das frutas - os monossacarídeos " é um carboidrato na sua forma mais simples" , só que veja bem, mesmo sendo o açúcar das frutas ela é bem diferente da sua parente "Açúcar" que é denominada por Glucose.



Leiam alguns trechos do artigo do Dr. Drauzio Varella


Os principais carboidratos da nossa alimentação são os monossacarídios e os oligossacarídeos. Os monossacarídeos, ou açúcares simples, são moléculas simples, sendo os mais comuns a glicose (dextrose) e a frutose (levulose). Já os oligossacarídeos são açúcares compostos que, quando decompostos por uma reação química chamada hidrólise, fornecem de duas a dez unidades de monossacarídeos, incluindo-se nesse grupo os dissacarídeos (sacarose e lactose), os trissacarídeos, que não são relevantes nesta explicação, e também os polissacarídeos (amido e glicogênio), assim como as fibras celulose e hemicelulose, que não são digeridas por nossas enzimas digestivas.


Estudos revelaram que os açúcares simples, os monossacarídeos, têm-se mostrado problemáticos para a saúde humana. O açúcar da cana-de-açúcar, tão popular no Brasil, cujo nome específico é sacarose, quando digerido, se transforma em glicose e frutose. Já está estabelecido que o excesso de glicose não é bom, mas o que alguns estudos estão demonstrando nos últimos anos é que o excesso de frutose é pior. A frutose é derivada do açúcar das frutas e do xarope de milho, que contém frutose concentrada. Entretanto, esse xarope com alta concentração de frutose e sabor muito doce, bastante utilizado pela indústria alimentícia, principalmente nos Estados Unidos, não é composto somente de frutose, mas de uma combinação quase em partes iguais de glicose e frutose. Após a absorção desses açúcares pelo intestino, a frutose é metabolizada no fígado primeiro que a glicose. A partir desse momento, quando ocorre excesso de frutose, desenvolve-se uma situação metabólica anormal chamada de resistência à insulina.



Tem-se associado a obesidade ao alto consumo de xarope de milho com elevado teor de frutose, um produto barato usado em inúmeros alimentos industrializados, como refrigerantes, doces e sopas. Entretanto não há nenhuma evidência direta de que o consumo moderado de frutose tenha algum efeito danoso sobre os níveis de açúcar e glicose ou sobre a resistência à insulina.
Em resumo, o consumo do açúcar em pequenas quantidades e de poucas frutas in natura diariamente não parece estar relacionado com doenças. Ao contrário. No entanto, seu uso abusivo em sucos de frutas e alimentos, que contenham em sua composição o xarope de milho com alta concentração de frutose, está diretamente associado ao aumento da incidência da síndrome metabólica e de suas principais consequências, a doença cardiovascular, o diabete e a obesidade.



Como vimos para nós que queremos ter um corpo seco e definido, a Frutose acaba sendo sim uma vilã. E temos que prestar atenção redobrada com os alimentos industrializados, pois neles está contido o xarope de milho como vimos no texto do Dr. Drauzio.


Entendendo mais sobre a Frutose:


Uma vez que fazemos a ingestão da Frutose ela é absorvida lentamente pelo intestino, e é rapidamente metabolizada pelo Fígado, e nesse processo ela pode ter dois destinos : ou é utilizada como energia pelas células do fígado ou transformada em glucose e posteriormente armazenada em forma de glicogênio no fígado.
A Frutose só pode ser metabolizada pelo fígado, ao  contrário da Glucose que pode ser usada por outros tecidos corporais, como os músculos.

Muitos se perguntam : Caramba eu como só coisa boa (frutas, suco só natural, mel e etc...), várias vezes ao dia e não consigo perder peso?
Se as suas reservas de glicogênio do seu fígado estiverem cheias e você tem uma dieta na qual contém muita frutose, ela será transformada em gordura, está aqui aquela resposta que tanto procurava. E o pior, hahah sempre pode ser pior, o nosso fígado não quer ficar com essa gordura, então ele transfere ela para outras partes do corpo, as quais quem não quer somos nós kkkkk, o abdomen, partes internas das coxas e etc... Acho que agora deu para perceber onde estão errando, e porque você chegou até pensar que era impossível perder aquela porcaria de pochete.


Então eu não posso comer nada que contenha Frutose?
Se você está em Dieta só para ter um corpo saudável, não tem o porque ser tão radical, além do que, as frutas também tem sua importância na nossa alimentação, são antioxidantes naturais, ajudam a combater os radicais livres, além de ser uma fonte importante de fibras e etc... Só que mesmo assim é importante ter limites e ficar atento aos horários que irá fazer o seu consumo, preferindo sempre consumi-las até a hora do almoço.
Agora se você está fazendo Dieta para Conseguir algo mais, como participar de uma competição de Fisiculturismo, então o melhor mesmo é se privar sim delas, e suprir a falta dos nutrientes que contém nas frutas em forma de Suplementos Alimentares.


Você sabia:
Que as maiores fontes de Frutose não vem das Frutas?
É verdade as maiores fontes de Frutose são:
*Xarope de Glucose de milho
*Açúcar de Mesa (contém 50%de frutose e 50% de glucose)
*Açúcar Moreno
*Açúcar de Cana
*Caramelo
*Mel
*Concentrado de sumo de fruta
*Frutas e Vegetais 


As frutas tem frutose só que só algumas contém quantidades elevadas de frutose.
Sendo elas:
*Maçã
*Banana
*Cerejas
*Uvas
*Manga
*Melão 
*Laranja 
*Pera
*Abacaxi
*Melancia


Por que a Frutose causa o Aumento da Massa Adiposa?
Ninguém pode negar que uma refeição que tenha uma fruta se torna mais saborosa, e por esse motivo acabamos comendo mais do que o necessário. Você já observou que após comer uma fruta, não temos aquela sensação de que estamos saciados, e pelo contrário parece que estamos até com mais fome. Então ela acaba estimulando a Leptina e a Grelina que são as duas Hormonas responsáveis por essa sensação de que estamos saciados.












Trocando em miúdos:
É a cereja do bolo que pode estar atrapalhando a Dieta que você acha que está redondinha para te deixar com o físico do seus sonhos.


Blog Força Total
Daniel Eduardo Barbosa
ERA DO AÇO SUPLEMENTOS





2 comentários:

  1. Muito bom. Artigos de revistas de Nutrição estão esmiuçando o papel do xarope de milho na indução da obesidade e resistência insulínica, mas é difícil repassar a leigos. A despeito disso, o artigo está bem claro. Parabéns pelo blog.

    ResponderExcluir