3 de fev de 2012

O estresse e a musculação

Não importa o quanto você tente ficar longe do estresse, nos dia de hoje isso é cada vez mais difícil. As causa são bem diversas, o chefe, a sogra, o trânsito, falta de grana, excesso de trabalho, vizinho barulhento, etc...Cuidado! O estresse pode aumentar o risco de acidente vascular cerebral, depressão e doenças cardíacas.
Mas, o que o estresse te a ver com a musculação???Tudo a ver!!!O estresse aumenta os níveis de cortisol em seu corpo. Cortisol em excesso prejudica o ganho de massa magra e aumenta o risco de quebra de tecido muscular, ou seja, tudo o que você trabalhou duro para conseguir!
Para tentar combater tudo isso, o jeito é abrir um espaço em sua agenda lotada. Como a maioria de nós não temos tempo nem dinheiro para ir à um Spa relaxar recebendo massagem enquanto ouve os sons da natureza, o jeito é ler um bom livro, conversar com uma amigo, assistir um bom filme, jogar vídeo game, etc...
Manter a sua dieta balanceada também vai te ajudar muito. Boa alimentação proporciona nutrientes essenciais que podem aliviar o estresse e manter os níveis de açúcar no sangue estável.


TRIPTOFANO

O triptofano é um aminoácido essencial utilizado pelo cérebro, juntamente com a vitamina B3, a niacina e o magnésio, para produzir serotonina, um neurotransmissor importante nos processos bioquímicos do sono e do humor.
Alimentos ricos em triptofano : Peru, peito de frango, atum, soja, boi, carneiro, camarão e salmão.





AUMENTE A INGESTÃO DE CÁLCIO
As pessoas ignoram as conexões corpo - mente do estresse. Se a sua mente está cansada, provavelmente você vai sentir sintomas físicos, se o seu corpo está estressado, sua mente provavelmente sofrerá.
O cálcio promove o crescimento ósseo, e pode ser importante para o relaxamento muscular. Porque a mente e o corpo estão ligados, músculos relaxados ajudam a relaxar a mente. Se você está sempre tenso e estressado, consumir mais cálcio pode ajudar a relaxar os músculos.
Alimentos ricos em cálcio : laticínios em geral, peixe, espinafre, amêndoas, gergelim, sardinha, flor crua de brocolis, aveia, couve-manteiga, avelã, castanha do pará, agrião.


LEMBRE-SE : 
PROCURE NÃO CONSUMIR ALIMENTOS RICOS EM FERRO JUNTAMENTE COM ALIMENTOS RICOS EM CÁLCIO, 
COMO POR EXEMPLO, CARNE BOVINA E LEITE


CHÁ DE CAMOMILA
Que o café é parte importante do seu dia e, que uma dose de cafeína pode te ajudar a se sentir energizado, com alguma clareza mental e que melhora a sua concentração, a gente já sabe. Mas, a cafeína pode te desgastar e te deixar abatido e meio grogue. Ao invés de café, considere tomar uma xícara de chá de camomila. Durante séculos, o chá de camomila tem sido utilizado como forma de relaxamento. A maior parte das pessoas o consomem à noite, mas não tenha receio de tomar uma xícara de chá de camomila no meio do dia, quando surgir uma situação de estresse.. Além de aliviar o estresse, a camomila também pode relaxar os músculos e ajudar na digestão.


GORDURAS BOAS
Os peixes gordos, como o salmão e a cavala, ajudam a reduzir os níveis de cortisol, que elevam os níveis de estresse quando estão elevados. Além disso, a proteína destes peixes podem ser uma ótima maneira para ajudar a manter os níveis de açúcar no sangue dentro dos limites normais, reduzindo ainda mais o estresse físico e reparando o tecido muscular danificado.
Outros alimentos ricos em gorduras boas são : nozes, linhaças, chia e sardinhas.




MAGNÉSIO
Quando o seu corpo está sob estresse, os níveis de magnésio tendem a ser menores. Alguns estudos mostraram que tri-atletas que suplementaram com magnésio durante 4 semanas, apresentaram níveis mais baixos de cortisol no seu organismo do que aqueles que não fizeram a suplementação.
Alimentos ricos em magnésio para você incluir no seu cardápio : feijões, brócolis, linguado, nozes, vieiras, espinafre e tofu.







Fonte: Shannon Clark
Tradução : FORÇA TOTAL

Nenhum comentário:

Postar um comentário